ESTUDO DE CASO- Montagem virtual utilizando dados de medição ajuda na montagem de asas de aeronaves

APIEstudo de CasoLeave a Comment

O API Radian Laser Tracker 6DOF, combinado com o laser Tracker, fornece dados críticos de encaixe antes da montagem física da asa no fabricante da aeronave.

Asas de aeronaves são um dos componentes mais importantes de uma estrutura de aeronave, cuja função principal é a de gerar sustentação. As asas têm seções transversais simplificadas que estão sujeitas as forças aerodinâmicas e atuam como aerofólios. A asa da aeronave também é usada para transportar componentes, incluindo motores a jato e trem de pouso.Além disso, o aileron, que é elevado ou abaixado afim de controlar o movimento da aeronave em um vôo, também é preso à asa. A asa é tão importante que são exigidos requisitos de precisão extremamente rigorosos, durante a operação de montagem da mesma.

A API foi abordada por um fabricante de aeronaves Chinês para verificar como sua tecnologia de medição poderia ajudar a garantir o alto nível de precisão exigido na montagem de asas, além de tornar a tarefa complexa de montagem mais eficiente.

Após extensos testes, a inovadora ferramenta de medição multifuncional iScan da API foi selecionada pelo fabricante da aeronave. O iScan foi usado em combinação com o Laser TrackerAPI RADIAN 6DoF, oferecendo tanto a medição quanto o escaneamento de uma unidade combinada. O iScan pode medir características de difícil acesso usando uma ponta de 100 mm de comprimento e pode realizar ambas as medições geométricas e fornecer topologia de superfície usando escaneamento a laser 3D. A rotação única do cabeçote 360°iScan proporciona uma considerável vantagem ao usuário, permitindo a digitalização de toda a estrutura da asa sem a necessidade de reposicionar o Laser Tracker.O processo adotado pelo fabricante da aeronave utilizando RADIAN e iScan para garantir a precisão da montagem da asa foi a seguinte:

  • Estabelecer o sistema de coordenadas da aeronave usando as medidas tomadas com o Laser Tracker RADIAN.
  • Confirmar a não-interferência das geometrias das juntas da estrutura e das asas utilizando o sensor iScan para escanear as superfícies correspondente enquanto utiliza os dados gerados para calcular os erros físicos e conformidade de tolerância.
  • Montagem virtual. As geometrias das juntas foram calculadas para estarem dentro de parâmetros aceitáveis, os dados de escaneamento gerados são processados posteriormente no software de metrologia para criar uma nova matriz de transformação de coordenadas.
  • Montagem física: Os dados combinados nos pontos de referência selecionados são utilizados para guiar a operação real de montagem da asa para a fuselagem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *